Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Como montar o kit de ferramentas ideal?

Se você é daqueles profissionais competentes, que gostam de efetuar um bom trabalho para seus clientes e não seguem o velho provérbio que diz “Em casa de ferreiro, espeto de pau”, certamente precisa ter sua caixinha “mágica” de ferramentas, que pode servir tanto para serviços profissionais quanto domésticos. 

Para o bom profissional, isso não é tão difícil, pois ele sabe o que precisa, o que é fundamental para realizar um bom trabalho. Existem ferramentas básicas, que realmente não podem faltar. 

Vamos, neste artigo, dar algumas dicas de como montar e comprar kit de ferramentas ideal!

Monte seu conjunto de chaves de fenda

Claro que elas não podiam faltar! Uma dica é contar, pelo menos para uso doméstico, com duas chaves de fenda de tamanho médio: uma Philips e outra de Philips.

Você também pode contar com um jogo de chaves de fenda pequenas, pois sempre são valiosas para consertar objetos menores ou de informáticos, com parafusos bem pequenos. A chave de fenda cotoco é um exemplo de modelo pequeno e útil. 

Não deixe de lado os alicates

Outra dica é ter um conjunto de alicates de diferentes tipos e de diferentes tamanhos. O alicate de bico é útil nos serviços que exigem mais precisão e firmeza. 

Também é necessário contar com alicates maiores, grandes, que podem ser usados na remoção de pregos. Os alicates de corte são muito usados em instalações elétricas e de rede de internet.

Coloque uma trena no kit de ferramentas

A trena é um valioso item para compor seu kit de ferramentas, pois ajuda a dimensionar os espaços dentro de sua casa caso deseje fazer alguma pequena reforma ou decorar o ambiente.

Uma trena de oito metros costuma ser suficiente para os serviços caseiros e mesmo profissionais — a depender do serviço que você desenvolve. 

Outra dica é usar uma trena a laser. É uma grande inovação tecnológica e alguns modelos já entregam a medida em metros quadrados e metros cúbicos. 

Trenas a laser agilizam seu trabalho e geralmente são precisas em suas medições. Como você percebe, sempre é bom fazer uso das novas tecnologias. 

Adicione uma furadeira ao kit

A furadeira é útil em diferentes situações. É uma aliada na otimização do tempo, pois tanto pode rosquear como remover parafusos com agilidade.

O profissional consegue, com a furadeira, montar e desmontar móveis em sua casa com praticidade, sem ter que recorrer a outro profissional, especializado em montagem. 

Não esqueça o tradicional martelo

O martelo é uma ferramenta tradicional, utilizada em tarefas como bater pregos (e remover), montar móveis e até para quebrar castanhas e coquinhos na cozinha. 

Em algumas situações, podemos usá-lo com a função de um pequeno pilão, para transformar em pó algum alimento, ou deixá-lo em dimensões bem menores.

Hoje, já existem modelos diferentes de martelo. Além do tradicional, com cabo de madeira, podemos encontrar modelos com cabo de fibra, o martelo de borracha, o martelo recoberto por poliuretano (plástico) e outros. 

Organize tudo em uma caixa de ferramentas

Claro que é importante ter uma caixa para guardar seu kit de ferramentas. Assim, fica mais fácil encontrar a ferramenta de que precisa e transportá-la de um lugar para outro dentro de casa ou quando for para o trabalho. Praticidade é fundamental, não acha?

Existem caixas de ferramentas em diferentes modelos, como a caixa baú. O material de fabricação também varia e existem caixas de PVC ou metal, por exemplo. 

O kit de ferramentas é importante para você. Servirá para serviços profissionais e em seu próprio lar. Talvez seja preciso, em algumas ocasiões, adicionar um ou mais itens conforme a necessidade. 

E então? Que tal comprar kit de ferramentas seguindo as sugestões acima? Aproveite para conhecer melhor nossos produtos e conferir nossas postagens. Siga a gente nas redes sociais: estamos no Facebook e no Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.