Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Nova fraude em postos faz consumidor pagar mais. Saiba como evitar

Um novo tipo de fraude está se tornando cada vez mais comum nos postos de combustível: a fraude eletrônica.

Segundo reportagem do UOL, essa fraude consiste na instalação de um chip dentro da bomba, que permite que o frentista, por controle remoto ou aplicativo de celular, acione um “pulo” do contador de litros de gasolina, alterando o valor que aparece no visor. Segundo apurado, a perda para o consumidor é de cerca de 10% do valor abastecido – então, alguém que pague por 20l de combustível na verdade só teve o tanque abastecido com 18l. Segundo o Instituto de Pesos e Medidas (IPEM), entre os meses de agosto de 2016 e maio de 2017, foram flagrados 55 postos de gasolina no estado de São Paulo cujas bombas haviam passado por esse tipo de adulteração – 45 na capital paulistana, 10 em cidades do interior. E não há nenhum tipo de padrão para isso: tanto postos sem bandeira como com bandeiras consideradas “seguras” foram flagrados nas vistorias. Esse número é relativamente pequeno – considerando dados de 2016 do IBGE, existem 8849 postos de gasolina no estado de São Paulo, então esses 55 postos constituem apenas 0,6% dos postos de gasolina do estado – mas não deixa de ser preocupante.

A instalação dessa fraude não é simples, pois além de ser necessário violar o lacre de segurança colocado pelos fiscais – e deixá-lo de modo que não aparente que tenha sido violado – é necessário também conhecer toda a tecnologia utilizada nas bombas e o modo como ela funciona, por isso acredita-se que isso seja trabalho de uma quadrilha especializada, que oferece o serviço a donos de postos por todo o Brasil. Para os donos, o esquema pode ser bastante lucrativo: considerando a venda média de um posto de combustível, um dono de posto que não entregue 10% da quantidade vendida teria abocanhado cerca de R$100 mil dos consumidores. Apesar de ser muito difícil de ser pega, existem algumas coisas que o consumidor pode fazer para tentar evitar esse tipo de fraude:

 

Cuidado com preços muito abaixo da média

Essa é a principal dica para evitar ser vítima de golpes. Caso veja um posto de gasolina com preço muito abaixo da média, desconfie. Promoções muita atrativas normalmente são utilizadas para atrair clientes e lucrar mais com combustível adulterado, sejam elas adulterações complexas como o golpe da bomba ou algumas mais “comuns”, como vender combustível diluído em água.

Fique atento ao visor da bomba

Quando estamos num posto que possui loja de conveniência, é bastante cômodo deixarmos o frentista abastecendo sozinho enquanto já vamos pagando, mas isso não é o recomendado. O ideal é ficar ao lado do frentista, de olho em como está a contagem de litros no visor da bomba, pois é a melhor forma de evitar a fraude eletrônica.

Verifique a regulação da bomba

Muitas vezes a fraude pode não ser na contagem do visor, mas na própria regulação da bomba, que não solta a quantidade de líquido que é mostrada pelo visor. Para isso, todo posto deverá ter um balde aferidor de 20l, graduado e inspecionado pelo Inmetro, para a conferência da regulação da bomba. Qualquer cliente pode pedir a qualquer momento para que seja feito o teste, e o frentista deve, na frente do cliente, colocar 20l de combustível no balde. Se a marcação de 20l da bomba estiver batendo com a marcação de 20l do balde, quer dizer que a quantidade de combustível recebida é a mesma que a paga.

Tenha um posto de confiança

Caso tenha um posto em que confie, que saiba que possui equipamentos de qualidade, abasteça sempre nele. Abastecer sempre no mesmo posto facilita saber, caso sinta algo errado com o carro, se o problema pode ser da gasolina. Ajuda se você souber qual é a autonomia do seu carro (quantos quilômetros ele anda com cada litro de combustível), pois se a autonomia começar a mudar muito mesmo abastecendo sempre no mesmo posto, é grande a chance de que você está sendo enganado.

A fraude de combustível é um problema cada vez mais comum e um dos principais motivos de as pessoas se preocuparem cada vez mais com a qualidade do que com o preço de um posto. E se você quer ter um posto de gasolina com qualidade, é imprescindível o uso de equipamentos OPW. Líder mundial do segmento, a OPW é a melhor marca em equipamentos para postos de gasolina e manipulação de combustível. E a Piatã é distribuidora oficial de todos os produtos da marca aqui na região de Bauru, então se está procurando o melhor produto não esqueça de acessar nosso catálogo e entrar em contato com a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.